Search Results for: Aragonez

Quinta do Montalto Amphora 2018 Tinto

André Gomes Pereira e a sua família são responsáveis pela produção de uma gama de vinhos com certificação orgânica na sua herdade de 15,5 ha perto de Ourém, no extremo norte da região de Lisboa. Nesta histórica propriedade familiar é praticada uma agricultura mista, que se estende ao cultivo de frutas e legumes, entre outros produtos. A Quinta de Montalto é ainda conhecida pelo seu importante contributo para a preservação do “Vinho Medieval” DOC. Merecem destaque os seus vinhos de ânfora, que o André revelou ser especialmente habilidoso a produzir: vinhos deliciosos e finamente trabalhados em pequenos lotes, que revelam o respeito pela ânfora e mostram como a oxidação e a maceração naquele artefacto produzem vinhos de caráter único. Um tinto 100% Aragonez, a revelar cereja, notas de morango seco, tabaco e especiarias. Um grande tinto de verão com pouco álcool e taninos suaves.

Casa de Santar Reserva 2012 Tinto

Produzido com as castas Touriga Nacional, Alfrocheiro e Aragonez. Este vinho apresenta uma cor granada intenso com ligeiros tons acastanhados. Intenso em frutos silvestres e especiarias. Nuances de frutos vermelhos frescos e de tostados. Frutado, macio, equilibrado e com final aveludado. É ideal para acompanhar queijos maturados e iguarias de confecção estruturada e delicada da cozinha Mediterrânica, Chinesa, Indiana e Africana. Colheita de 2012.

Casa de Santar Reserva 2003 Tinto

Produzido com as castas Touriga Nacional, Alfrocheiro e Aragonez. Este vinho apresenta uma cor granada intenso com ligeiros tons acastanhados. Intenso em frutos silvestres e especiarias. Nuances de frutos vermelhos frescos e de tostados. Frutado, macio, equilibrado e com final aveludado. É ideal para acompanhar queijos maturados e iguarias de confecção estruturada e delicada da cozinha Mediterrânica, Chinesa, Indiana e Africana. Colheita de 2003.

Casa de Santar Reserva 2013 Tinto

Produzido com as castas Touriga Nacional, Alfrocheiro e Aragonez. Este vinho apresenta uma cor granada intenso com ligeiros tons acastanhados. Intenso em frutos silvestres e especiarias. Nuances de frutos vermelhos frescos e de tostados. Frutado, macio, equilibrado e com final aveludado. É ideal para acompanhar queijos maturados e iguarias de confecção estruturada e delicada da cozinha Mediterrânica, Chinesa, Indiana e Africana. Colheita de 2013.

Raríssimo by Osvaldo Amado Dão 2001 Tinto

Com 50% Touriga Nacional, 20% Aragonez, 20% Alfrocheiro e 10% Jaen, teve desengace total, maceração pelicular suave e prolongada, fermentação alcoólica em Lagar de Granito a 26ºC. O estágio prolongou-se por 24 meses em barricas de Carvalho Francês.