fbpx

Vinhos para beber com os amigos

Os melhores vinhos são os que bebemos com amigos. Apresentamos abaixo as últimas novidades dos produtores portugueses para acompanhar o tempo quente, as conversas entre amigos e as refeições longas. Todos os vinhos estão disponíveis para encomenda individual ou em Pack, com desconto e entrega gratuita.

Vinhos de Altitude


55.20 
Entrega Gratuita

Brancos e tintos / Douro e Beira Interior / Castas típicas de vinhas de altitude.

O Castello D’Alba Moscatel Galego 2019 (Douro) é um branco agricultura biológica como origem numa vinha situada em pleno Parque Natural do Douro Internacional a 700 metros de altitude. O Castello D’Alba Viosinho 2019 Branco (Douro) é proveniente de um local onde as noite frias ajudam a preservar a mineralizada e a fruta. O contacto com borras finas traz volume e equilíbrio.

O Rui Roboredo Madeira Beyra Síria 2020 (Beira Interior) tem origem em vinhas plantadas a 750 metros. O Beyra Chardonnay 2020 (Beira Interior) vem de vinhas plantadas a 650 metros faz fermentação e estágio (com agitação de borras finas) em cubas de aço inox.

O Beyra Reserva 2019 Tinto (Beira Interior) de vinhas de Jaen e Tinta Roriz plantadas a 700 metros faz estágio de 8 meses em barricas usadas de carvalho francês (1/3) e carvalho americano (2/3). O Rui Roboredo Madeira Natural BIO 2019 Tinto (Beira Interior) é um lote de Mourisco, Borrão, Tinta Roriz, Rufete, Tinta Amarela e Touriga Nacional. Fermentação espontânea com leveduras indígenas, em cubas de cimento sem controlo de temperaturas de modo a respeitar as uvas e o processo natural de vinificação. Recomendamos que seja bebido ligeiramente fresco.

Por que gostamos

O enólogo Rui Roboredo Madeira é um pioneiro na produção de vinhos biológicos e de vinhas de altitude. No Douro e na Beira Interior produz vinhos com frescura, equilíbrio e uma ótima relação qualidade-preço. Com tantos vinhos gastronómicos, ninguém vai ficar desiludido à mesa.

8.28 € por garrafa
Entrega gratuita

Costa Vicentina não é só praia


64.20 
De 15 de junho até 15 de agosto
Entrega Gratuita
Promoção -7%

Brancos e tintos / Alentejo / Sauvignon Blanc, Alvarinho e Syrah

A Costa Vicentina representa um Alentejo diferente do habitual. As vinhas plantadas junto do mar são influenciadas pelo Atlântico e conferem ao vinho uma frescura e salinidade muito própria. A casta Sauvignon Blanc é emblemática do projecto Vicentino mas a Alvarinho e a Syrah mostram porque a Costa Vicentina é cada vez mais reconhecida como região de bons vinhos.

O Vicentino Sauvignon Blanc 2019 Branco resulta de um lote de 4 clones diferentes da mesma casta onde 20% fermentou em barricas usadas e bastante neutras de carvalho francês e o restante em inox. Tem uma prova complexa e longa sugerindo a sua aptidão gastronómica. O Vicentino Alvarinho 2019 Branco é fermentado parcialmente em barricas usadas de carvalho francês de 350 litros e estagiou 6 meses sobre as borras finas. O resultado é vinho complexo, com um carácter vegetal, mineral e ligeiramente amargo como é próprio da casta Alvarinho. No Vicentino Syrah 2018 Tinto, a proximidade do oceano revela um lado singular desta casta. Este tinto fermenta em lagares de inox e estagia 10 meses em barricas usadas de carvalho francês. Notas introdutórias de cássis e grafite combinadas com algum vegetal, estendem-se numa prova longa de final salino.

Por que gostamos

Um dos segredos mais bem guardados de Portugal. Com esta qualidade e consistência não é de admirar que os vinhos Vicentino sejam dos que continuam a ter mais sucesso no Adegga.

10.70 € por garrafa
Entrega gratuita

Vinhos Naturais


73.29 
De 15 de junho até 15 de agosto
Entrega Gratuita
Promoção -13%

Brancos, tintos e espumantes / Bairrada / Baga e outras

O espírito Duckman não é fácil de definir, é uma mistura de herança dos nossos antepassados com um espírito inter-geracional de olhar o mundo em geral e o vinho em particular.

Os vinhos aqui apresentados são pequenas edições e resultam da utilização exclusiva de uvas produzidas de castas autóctones da região da Bairrada.

O produtor minimiza a utilização de sulfuroso, nem sempre os vinhos são filtrados e os vinhos são vegan (não recorremos a nenhum produto de origem animal durante todo o processo de fabrico).

Por que gostamos

Descontraídos, fáceis de beber, de baixa intervenção ou alternativos são descrições que podem ser usadas para apresentar os vinhos naturais. São vinhos que geram conversa e acompanham petiscos. O que mais podemos pedir?

12.22 € por garrafa
Entrega gratuita

9 garrafas, 5 Regiões


Esgotado
Entrega Gratuita
Promoção -9%

Brancos e tintos / Alentejo Portalegre / Alvarinho, Encruzado, Alicante Bouschet e outras.

Um clássico da região dos Vinhos Verdes, o Anselmo Mendes Contacto 2019 Branco é obtido a partir de uvas da sub-região de Monção e Melgaço. Estágio mínimo de 3 meses sobre borras finas com bâtonnage regular. Aroma fino, frutado e floral com nuances minerais. Muita concentração aromática. Boca elegante, com estrutura e uma acidez bem presente. Termina longo com amargos cítricos e minerais.

O Dom Rafael 2016 Tinto nasce nas antigas vinhas das castas Aragonêz, Trincadeira, Castelão e Alicante Bouschet as uvas para este vinho são vindimadas e selecionadas à mão, pisadas a pés, fermentando nos lagares abertos de pedra da adega, precisamente os mesmos métodos usados desde há mais de cem anos na Herdade do Mouchão e que fazem do Dom Rafael um dos tintos mais famosos da região. O Dom Rafael tinto estagia em tonéis de castanho e carvalho português e em barricas de carvalho francês durante 12 meses.

O Florão 2017 Tinto é um dos primeiros tintos do projecto da Symington em Portalegre. Tem fragrância de cerejas, entrelaçada com notas de pinhal e terra molhada. Na boca, apresenta-se assertivo e simultaneamente sedoso com apontamentos de frutos do bosque pontuados com toques de cravinho e pimento. Um tinto com bom perfil gastronómico.

O Post Scriptum 2018 Tinto é um vinho com perfil semelhante ao do Chryseia, proveniente das mesmas vinhas e caracterizado por fruta expressiva e concentrada, aliada a grande equilíbrio e elegância. Estágio de 12 meses em barricas de carvalho francês de 400L. Castas: Touriga Franca (56%9, Touriga Nacional (33%), Tinta Roriz (7%) e Tinta Barroca (4%). Pronto a consumir, embora tenha elevado potencial para evoluir favoravelmente em garrafa.

Quinta da Falorca Reserva 2018 Branco Apresenta cor amarela ligeira. Aromas subtis a frutas exóticas e fragrâncias tropicais com notas muito ténues de madeira. Boa estrutura, acidez perfeita, fruta bem definida e um final cheio de elegância e frescura. Para a produção deste vinho, as uvas foram colhidas manualmente para caixas de 18 kg com extremo cuidado. Após 24h em descanso na adega para arrefecimento natural das uvas, foram prensadas suavemente, fermentando a baixa temperatura durante 30 dias. 10% do lote estagiou em barricas de carvalho francês durante 2 meses com battonage regular até ao seu engarrafamento. Castas: Encruzado e Malvasia Fina.

Por que gostamos

Clássicos de várias regiões, do Douro ao Alentejo, com qualidade e reputação. Vinhos acompanham momentos de petiscos ou jantares de longas horas. Por pouco mais de 10 € por garrafa este é talvez o pack com melhor qualidade-preço do Adegga.

10.50 € por garrafa
Entrega gratuita

Grandes Brancos Revelação


157.64 
De 15 de junho até 15 de agosto
Entrega Gratuita
Promoção -3%

Brancos / Alentejo (Costa Vicentina), Douro, Bairrada, Setúbal e Lisboa

O Quinta do Convento Reserva 2018 Branco é o primeiro Reserva DOC lançado pela Kranemann Estates. Após a vindima manual, as uvas de Rabigato, Viosinho e Gouveio fermentaram em barricas de 500L de carvalho francês. Após estágio sobre borra fina com batonnage durante dez meses, este vinho apresenta uma cor cítrica e límpida, e aromas frescos e minerais. É um vinho muito fino, fiel ao seu terroir, e elegante na boca. O final é muito persistente e fresco.

O Picowines Gruta das Torres 2018 Branco (18,5 Revista de Vinhos, 93 Público) é uma das grandes novidades do ano. O novo vinho estagiou no interior de uma gruta vulcânica, a 17 metros de profundidade, a uma temperatura constante de 15ºC, com uma humidade de 90% e numa total escuridão. As uvas de Arinto dos Açores são criteriosamente selecionadas de vinhas centenárias plantadas a cerca de 420 metros do mar. Fermenta com leveduras indígenas num balseiro de carvalho francês de 5.000 litros. Estagiou sobre borras finas durante 7 meses e foi engarrafado em maio de 2019, seguindo-se o desafio de envelhecimento em garrafa na Gruta das Torres.  Na boca vai-se mostrando em várias camadas, começando pela dominante frescura, seguindo-se uma prova muito cheia e envolvente, para terminar num final surpreendentemente longo e salgado.

O proprietário e produtor da Herdade do Portocarro, José da Mota Capitão, inspirado na viticultura biodinâmica, tem vindo a recuperar castas autóctones extintas e a fazer experiências com algumas das clássicas castas portuguesas, dando origem a vinhos únicos, inovadores e cheios de personalidade. O Herdade do Portocarro Partage Sercial 2019 Branco tem origem uma uvas de uma parcela única de Sercial que fazem fermentação em balseiros de carvalho com temperatura controlada. O resultado impressiona no nariz, com maçã verde a sobressair, enorme frescura, amplitude, complexidade e um jogo entusiasmante entre acidez e doçura. Tem um final longo e persistente.

Para evidenciar o terroir da Bairrada, o Luis Pato Vinha Formal Parcela Cândido (Cerceal) 2018 Branco é produzido a partir de uvas de uma vinha chamada Formal. Localizada em Óis do Bairro, numa pequena encosta virada a Este, está no coração da região de brancos da Bairrada. Faz a fermentação e o estágio em pipas novas de castanho de 650 litros.

Feito exclusivamente de uma criteriosa selecção das melhores uvas de uns clones especiais da casta Sauvignon Blanc, o Vicentino Reserva 2018 Branco fermentou em barricas usadas de 350 litros de carvalho francês. Estagiou sobre as borras finas durante 9 meses. Neste vinho, as notas vegetais e de fruta tropical do Sauvignon Blanc, são realçadas e envolvidas pelas barricas em que fermenta, dando origem a este vinho fresco, mas complexo, com toques abaunilhados. Estas sensações persistem no palato numa prova suave e envolvente.

Grande escolha é o vinho que traduz a excelência do projecto quinta do Pinto, celebrando o melhor lote de cada vindima. O Quinta do Pinto Grande Escolha 2014 Branco nasce das melhores uvas de Marsanne, Roussanne, Chardonnay e semillon, criteriosamente seleccionadas. A fermentação é feita com leveduras indígenas e o estagio com batônnage em barricas de carvalho francês de 1a e 2a utilização, durante 9 meses seguindo-se estágio em garrafa de 24 meses. Resulta um vinho de aroma exuberante e diferenciador com cor citrina brilhante, aroma exuberante, com notas amanteigadas e de frutos secos, aliadas a notas de favo de mel e flores secas provenientes do estágio em barrica de carvalho francês. Na boca é cremoso e de textura muito aveludada com notas de favo de mel a sobressair. Muito intenso, com a madeira muito bem integrada e final de boca longo e muito elegante.

Por que gostamos

Um conjunto com grandes brancos portugueses para mostrar que os vinhos brancos estão melhores do que nunca. O conjunto tem 6 das melhores revelações do ano até ao momento. Acompanham tardes de verão sem fim.

26.27 € por garrafa
Entrega gratuita

Últimas Novidades no Adegga


Os melhores vinhos brancos portugueses 2021 (Concurso Brancos de Portugal)
Adegga e Revista Grandes Escolhas reforçam mercado dos vinhos online com serviço inovador
18 vinhos para beber com Sushi

 

Sim! Quero receber as novidades e promoções do Adegga.